ilustra

É o meu ofício. O processo e resultado de tudo que elaboro. Seja com seus desdobramentos assessorando projetos de design gráfico, seja elaborando imagens para tattoos, sejam desenhos construídos com palavras para a poesia, sejam desenhos através da fotografia, seja desenvolvendo produtos, seja na criação de obras artísticas que tenham a própria ilustração por finalidade como painéis ilustrados, quadros, gravuras, publicações, múltiplos de arte.
Ela é minha costura. Tessitura de minha ação no mundo. Através dela me conecto desde o que me há de mais elaborado aos meus campos mais intuitivos e ancestrais. É o meu labor e minha espiritualidade. É meu impulso e meu intelecto. Meu invento e meu manifesto. Minha narrativa, minha força viva e minha invenção. É como traduzo meus sonhos. Dou corpo às minhas visões. Como conjecturo minhas deusas protetoras. Investigo meus labirintos internos. Como amplio e traduzo campos sensíveis.